PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

sexta-feira, 2 de junho de 2017

3º dia da Trezena em honra a Santo Antônio


Santo Antônio, ensina-nos a viver a nossa Vocação

Já aos 15 anos de idade, o jovem Fernando de Bulhões sentiu o desejo de buscar o caminho da vida religiosa. Foi aceito pelos cônegos regulares de Santo Agostinho, os frades agostinianos, no Mosteiro de São Vicente, em Lisboa.

Jovem inteligente, durante dois anos recebeu destes frades excelente formação intelectual e religiosa. Como estava em sua cidade natal, recebia muitas visitas de amigos e familiares. Por esse motivo, pediu para ser transferido para Coimbra, para o Mosteiro da Santa Cruz, cerca de 200 Km de Lisboa. 

Permaneceu ali 8 anos, recebendo a mais sólida formação filosófica e teológica.

Neste dia da Trezena, vamos rezar muito pelas vocações sacerdotais e religiosas, pedindo a Deus que ilumine muitos jovens para seguirem a vocação consagrada a Deus. 

Oração do dia:

Senhor, com Santo Antônio, queremos aprender a dizer sim ao vosso chamado. Ele, tão jovem, decidiu abraçar a vocação religiosa e sacerdotal. Dai a todos os que foram batizados a graça de viverem o amor e de serem felizes em assumir a vocação que Deus revela para cada um de nós. Que nunca faltem na Igreja, as vocações para a vida religiosa e sacerdotal. 
Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Palavra de Deus

1 Livro de Samuel 3,1-10

Samuel ainda era menino e ajudava a Eli na adoração a Deus, o Senhor. Naqueles dias poucas mensagens vinham do Senhor e as visões eram muito raras. Certa noite, Eli, já quase cego, estava dormindo no seu quarto. Samuel dormia na tenda sagrada, onde fi cava a arca da aliança. E a lâmpada de Deus estava ainda acesa.

Então o Senhor chamou: – Samuel, Samuel. – Estou aqui, respondeu ele. Correu para onde Eli estava e disse: – O senhor me chamou? Aqui estou. Mas Eli respondeu: – Eu não chamei você. Volte para a cama. E Samuel voltou.

Então o Senhor Deus tornou a chamar Samuel. E o menino se levantou e foi onde estava Eli e disse: – O senhor me chamou? Estou aqui. Mas Eli tornou a responder: – Eu não chamei você, filho. Volte para a cama. Samuel não conhecia o Senhor, pois o Senhor ainda não havia falado com ele. Aí o Senhor chamou Samuel pela terceira vez. Ele se levantou, foi onde Eli estava e disse: – O senhor me chamou? Aqui estou.

Então Eli compreendeu que era o Senhor quem estava chamando o menino e ordenou: – Volte para a cama e, se Ele chamar você outra vez, diga: – Fala, Senhor, pois teu servo está escutando.

Samuel voltou para a cama. Então o Senhor veio e ficou ali. E, como havia feito antes, disse: – Samuel, Samuel! – Fala, Senhor, pois o teu servo está escutando!

Evangelho de São Lucas 18,18-25

Certo dia, um líder judeu perguntou a Jesus: “Bom mestre, que devo fazer para conseguir a vida eterna?” Jesus respondeu: “Por que você me chama de bom? Só Deus é bom e mais ninguém. Você conhece os mandamentos: Não cometa adultério, não mate, não roube, não dê falso testemunho contra ninguém, respeite o seu pai e sua mãe..” 

O homem respondeu: “Desde criança eu tenho obedecido a todos esses mandamentos.”
Quando Jesus ouviu isso, disse: “Falta mais uma coisa para você fazer: venda tudo o que tem e dê o dinheiro aos pobres, e assim você terá riquezas no céu. Depois venha e me siga.” 

Quando o homem ouviu isso, ficou muito triste, pois era riquíssimo. Vendo a tristeza dele, Jesus disse: “Como é difícil os ricos entrarem no reino de Deus! É mais difícil um rico entrar no reino dos céus do que um camelo passar pelo fundo de uma agulha.”

Preces:

Que o Espírito Santo nos ilumine na escolha da vocação e na fidelidade em seguir a Cristo.

  • Por todos aqueles que pusestes em vossa Igreja como pastores: o Papa, os bispos, os sacerdotes e os diáconos, para que sejam os primeiros a obedecer a vossa voz e para que dêem a todos o exemplo do serviço humilde ao povo de Deus, rezemos.

  • Por todos os que têm responsabilidades na família, no trabalho e na política, para que não sejam egoístas, mas dediquem suas vidas ao bem comum, rezemos.

  • Que Jesus, o Bom Pastor, inspire a todas as crianças, adolescentes e jovens a aprenderem que “amar é dar a vida”, para que tenham a luz do Espírito Santo na escolha da vocação que irão abraçar, rezemos.

  • Para que Santo Antônio, que foi um sacerdote segundo o coração do Altíssimo, seja um modelo para todos os jovens que abraçarem a vocação religiosa ou sacerdotal, rezemos. 

Oferecimento do dia:

Pai santo, vosso Filho lavou os pés dos seus discípulos para nos deixar o exemplo do verdadeiro amor, que é o serviço aos irmãos. Nós vos oferecemos o dom da nossa vida. Dai-nos a graça de sermos felizes na escolha de nossa vocação, para sempre vos servir em todos os nossos irmãos.
Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Palavras de Santo Antônio

”Sigamos a Cristo, carregando a nossa cruz com júbilo. Ele nos convida a segui-lo: ‘Quem quer me seguir, tome a sua cruz e siga-me’. Cristo, morrendo no Calvário, foi um vaso de alabastro, repleto de bálsamo, que se rompendo, espalhou um perfume de agradável odor. Por isso os seus discípulos o seguem e os cristãos se deixam atrair pelo odor do crucificado”.

Invocação:

Santo Antônio, espelho de todas as Virtudes, rogai por nós.

Oração final:

Alimentados com o pão da vossa mesa, nos vos pedimos, ó Pai, que pela força deste santo sacramento e pela intercessão de Santo Antônio, todas as nossas comunidades se preocupem em lançar as sementes da vocação, para que na Igreja muitos escolham o vosso serviço, como irmãos e irmãs. 

Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Bom propósito:

Vou tomar consciência da grande falta de vocações religiosas e sacerdotais e, por isso, vou  prometer rezar para que muitos jovens tenha generosidade de responder ao chamado de Deus; e se tiver condições, vou ajudar algum vocacionado a ingressar num seminário ou congregação religiosa.