PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Superação, positividade e oração: o pedido do Papa aos jovens

30_nov_papa-01


































Grande momento na tarde deste sábado dia 28 de novembro em Kampala no Uganda: o encontro do Papa Francisco com milhares de jovens no Kololo Air Strip, um espaço dedicado a grande eventos que já foi um aeroporto.

E foi falando de improviso que a mensagem do Papa Francisco esvoaçou pelos corações do jovens que acolheram o Santo Padre com grande alegria. Disse-lhes para sempre lutarem e a terem esperança. Nas palavras que proferiu o Papa sublinhou que uma experiência negativa pode ser sinal de esperança com a força de Jesus:

“Diante de uma experiência negativa, sempre há a possibilidade de abrir um novo horizonte, de abrir com a força de Jesus. Transformar a amargura em esperança. Isso não é magia, é obra de Jesus, que tudo pode. Ele é o Senhor. Jesus sofreu a experiência mais negativa da história: foi insultado, recusado e assassinado. E Jesus, com o poder de Deus, ressuscitou. Ele pode fazer em cada um de nós o mesmo com cada uma das experiências negativas” – afirmou o Papa que perguntou ainda aos jovens se estão prontos para transformar o ódio em amor.

“Nas vossas veias corre o sangue dos mártires, e por isso têm a fé e a vida que têm agora”. Abram as portas dos vossos corações e deixem Jesus entrar, exortou o Papa.
“Quando Jesus entra na tua vida ele ajuda a lutar contra todos os problemas, contra uma depressão, contra a sida. Pedir ajuda para superar esta situação. Mas sempre lutar. Lutar com meu desejo, e lutar com minha oração” – afirmou o Papa na conclusão do seu discurso aos jovens.

Confira na íntegra:

Boa tarde! Boa tarde! Obrigado pela vossa presença.

Falarei na minha língua materna.

Ouvi, com grande tristeza no coração, os testemunhos de Winnie e de Emmanuel. Enquanto ouvia, perguntava-me: poderá uma experiência negativa servir para alguma coisa na vida? Sim! Tanto Emmanuel como Winnie viveram experiências negativas. Winnie pensava que não haveria futuro para ela; a vida era um muro na sua frente. Mas Jesus foi-lhe fazendo crer que é possível, na vida, fazer um grande milagre: transformar um muro num horizonte, um horizonte que me escancare o futuro. Perante uma experiência negativa – e muitos, muitos de quantos estão aqui, tiveram experiências negativas – há sempre a possibilidade de abrir um horizonte, de abri-lo com a força de Jesus. Hoje Winnie transformou em esperança a sua depressão, a sua amargura. Isto não é magia; é obra de Jesus, porque Jesus é o Senhor, Jesus pode tudo. E Jesus sofreu a experiência mais negativa da história: foi insultado, rejeitado e assassinado. Mas Jesus, pelo poder de Deus, ressuscitou. Ele pode fazer o mesmo em cada um de nós, com qualquer experiência negativa, porque Jesus é o Senhor.

Imagino – e todos juntos podemos imaginar – o sofrimento de Emmanuel, quando via os seus companheiros serem torturados, quando via os seus companheiros serem assassinados. Mas Emmanuel foi corajoso. Sim, teve coragem, porque ele sabia que, se o apanhassem no dia em que escapasse, matavam-no. Mas arriscou, teve confiança em Jesus e escapou. E hoje temo-lo aqui, 14 anos depois, formado em Ciências Administrativas. Sempre é possível! A nossa vida é como uma semente: para viver, é preciso morrer. E, às vezes, morrer fisicamente como sucedeu com os companheiros de Emmanuel; morrer como morreram Carlos Lwanga e os mártires do Uganda. Mas, através desta morte, há uma vida, uma vida para todos. Se eu transformo o negativo em positivo, sou um triunfador. Mas só é possível fazer isto com a graça de Jesus. Tendes a certeza disto? ... Não ouço nada! 
Tendes a certeza disto? [jovens: Sim!] Estais dispostos a transformar, na vida, todas as coisas negativas em positivo? [jovens: Sim!] Estais dispostos a transformar o ódio em amor? [jovens: Sim!] Estais dispostos a transformar a guerra em paz? [jovens: Sim!] Estais cientes de que sois um povo de mártires, de que nas vossas veias corre sangue de mártires e, por isso, possuís a fé e a vida que agora tendes? [jovens: Sim!] E esta fé, esta vida é tão bela que se chama a «pérola da África».

Parece que o microfone não funcionava bem. Às vezes, nós também não funcionamos bem; sim ou não? … E, quando não funcionamos bem, a quem devemos ir pedir que nos ajude? … Não vos ouço. Mais forte! [jovens: Jesus!] A Jesus! Jesus pode mudar a tua vida. Jesus pode derrubar os muros que tens à tua frente. Jesus pode fazer com que a tua vida seja um serviço para os outros.

Um de vós poderia perguntar-me: E, para isso, há uma varinha mágica? Se quiserdes que Jesus mude a vossa vida, pedi-Lhe ajuda. A isto chama-se rezar. Compreendestes bem? Rezar! Pergunto-vos: Vós rezais? [jovens: Sim!] De verdade? [Sim!] Rezai a Jesus, porque Ele é o Salvador. Nunca deixeis de rezar! A oração é a arma mais forte que tem um jovem. Jesus ama-nos. Pergunto-vos: Jesus ama a alguns e a outros não? [Não!] Jesus ama a todos? [Sim!] Jesus quer ajudar a todos? [Sim!] Então abri-Lhe a porta do vosso coração e deixai-O entrar: deixo entrar Jesus na minha vida. E, quando Jesus entra na tua vida, ajuda-te a lutar, a lutar contra todos os problemas de que falou Winnie, a lutar contra a depressão, a lutar contra o SIDA… Pedi ajuda para superar estas situações, mas sem deixar de lutar: lutar com o meu desejo e lutar com a minha oração. Estais dispostos a lutar? Estais dispostos a desejar o melhor para vós? [Sim!] Estais dispostos a rezar, a pedir a Jesus que vos ajude na luta? [Sim!]

E há ainda uma terceira coisa que vos quero dizer: todos nós estamos na Igreja, pertencemos à Igreja. Certo? [Sim!] E a Igreja tem uma Mãe; como se chama? [Maria!] Não percebi... [Maria!] Rezai à Mãe! Quando uma criança cai e se aleija, começa a chorar e vai procurar a mãe. Quando temos um problema, o melhor que podemos fazer é ir aonde está a nossa Mãe; e rezar a Maria, nossa Mãe. Estais de acordo? [Sim!] E vós rezais a Nossa Senhora, à nossa Mãe? [Sim!] E vós aqui [dirigindo-se a um grupo de jovens] pergunto: vós rezais a Jesus e a Nossa Senhora? [Sim!]

Então temos três coisas. A primeira: superar as dificuldades. A segunda: transformar o negativo em positivo. A terceira: oração. Oração a Jesus, que pode tudo. Jesus, que entra no nosso coração e muda a nossa vida. Jesus, que veio para me salvar e deu a sua vida por mim. Rezai a Jesus, porque Ele é o único Senhor. E, porque na Igreja não somos órfãos mas temos uma Mãe, rezai à nossa Mãe. E como se chama a nossa Mãe? [Maria!] Mais forte! [Maria!]

Muito vos agradeço por me terdes escutado. Agradeço-vos porque quereis mudar o negativo em positivo; porque quereis lutar contra o mal, com Jesus ao vosso lado. E sobretudo agradeço-vos porque tendes vontade de nunca deixar de rezar. Agora convido-vos a rezar juntos à nossa Mãe, para que nos proteja. Estamos de acordo? [Sim!] Todos juntos? [Sim!] [recitação da Ave Maria... Bênção]

E, por favor, um último pedido: rezai por mim; rezai por mim! Preciso. Não vos esqueçais. Até à próxima!