PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Doações arrecadadas já seguem para as vítimas de Mariana

_DSC1154























As doações conseguidas pela campanha promovida pela Província Franciscana da Imaculada Conceição, através do Pró-Vocações e Missões Franciscanas, já estão a caminho de Mariana e se destinam às vítimas da tragédia ocasionada pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco no município de Bento Rodrigues e que afetou toda a população local e o ecossistema do Vale do Rio Doce.

Frei Alvaci Mendes da Luz, coordenador do Pró-Vocações e Missões Franciscanas (PVF), fez questão de enfatizar o seu agradecimento, em nome da Província, a todos os doadores desta campanha, que uniram forças para o bem comum. “Quando a gente une os corações, o milagre da partilha acontece”, acredita o frade, explicando como se dará a entrega dos mantimentos em Mariana.

“Um grupo de ‘aventureiros do bem’, chamado ‘Brasil fora de Estrada’, teve a brilhante ideia de pegar seus carros, que geralmente são usados para passeios e ralis, e usar para entregar doações às vítimas de Mariana e cidades vizinhas”, informa Frei Alvaci. A campanha nasceu da iniciativa do grupo, unida ao desejo de ajudar aquelas pessoas afetadas. Na terça-feira, dia 10 de novembro, foi lançada a primeira divulgação.

Em menos de 24 horas após a divulgação nas redes sociais, as doações começaram a chegar. Segundo Frei Alvaci, a localização do Convento São Francisco – na região central de São Paulo – e os meios de comunicação mobilizados (redes sociais da Província, sites, Rádio 9 de julho) ajudaram a espalhar a iniciativa. “Em menos de uma semana tínhamos o espaço do Pró-Vocações e Missões Franciscanas lotado de doações”, afirma com alegria o frade.

Uma das doadoras foi a Marleide Bezerra da Silva, que mora na Mooca, zona leste de São Paulo. Ela contou que ouviu na Rádio 9 de Julho o apelo, e decidiu trazer algumas doações de roupas, alimentos e utensílios de cozinha para doação.

_DSC1166

























A ação uniu não somente católicos ou benfeitores do Pró-Vocações. Foi o caso das jovens Julia, Vitória e Mariana. Elas são amigas, tem 16 anos e não são católicas. Elas souberam da iniciativa através das redes sociais, se mobilizaram pelo Whatsapp para arrecadar as doações, e trouxeram na tarde de quarta-feira, dia 18. As jovens confessaram que a situação dos moradores de Mariana comoveu muito o grupo e levou a tomar essa iniciativa.

Tudo aquilo que foi arrecadado será levado na noite desta quarta-feira para os moradores de Mariana e região, que certamente receberão com muita alegria as doações de tantos paulistanos sensibilizados com o drama vivido por aquelas pessoas. “Muito em breve, cada litro de água, cada peça de roupa, calçados, fraldas, alimentos, remédios, enfim, tudo o que conseguimos, estarão nas mãos de quem realmente precisa”, conclui Frei Alvaci.