PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Maio: mês mariano - Nossa Senhora de Montserrat



Nossa Senhora de Montserrat - 27 de abril

A Catalunha está situada a noroeste de Barcelona, a pouco mais de trinta quilômetros, no sul da Espanha. A região possui um conjunto de montanhas que, à primeira vista, lembra os dentes de uma serra de madeira, por isto recebeu o nome de Montserrat. Este pitoresco cenário deu origem à devoção a Nossa Senhora de Montserrat, a "Mare de Déu", como se diz na língua local, e declara Padroeira da Catalunha pelo Papa Leão XIII. 

Os dados históricos se mesclam à antiga tradição do povo que situou o culto no ano 546, quando o monge Querino se retirou numa gruta da montanha e construiu uma pequena ermida dedicada à Virgem Maria. Com o tempo o lugar se tornou uma modesta.

Passados dois séculos, sempre segundo a tradição, dois pastores passaram diante da gruta com seus rebanhos e perceberam uma luz dentro dela. Curiosos entraram para ver o que era e encontraram a bela imagem da Mãe de Deus.

Os registros históricos dizem que em 880 existia realmente a ermida de Nossa Senhora de Montserrat. Nesta ocasião houve a reconquista do território, com os árabes muçulmanos expulsos pelos exércitos cristãos. A Catalunha foi retomada pelo conde Walfrido, o Cabeludo que cedeu a ermida de Montserrat, junto com outras três, aos monges beneditinos do mosteiro de Ripoll. 

Em 1032, o influente abade Oliva decidiu fundar pequenas comunidades de beneditinos ao lado das antigas ermidas doadas, inclusive na da Virgem de Montserrat. Desde então a devoção ganhou forte impulso na diocese da Catalunha.

A bela imagem que preside o altar é dourada e policromada. Apresenta a Virgem Maria sentada sobre um pequeno trono com o Menino Jesus sobre seus joelhos. Ambos têm o rosto e as mãos de cor negra. Por este detalhe, o povo catalão a chama carinhosamente de Virgem "Moreneta" de Monteserrat. 

A devoção se estendeu por todas partes do mundo por meio das expedições marítimas espanholas. Os missionários a levaram para as Américas. No Brasil foi introduzida por Francisco de Souza, governador-geral, em 1590. Na cidade de Santos, é festejada como Padroeira oficial da cidade, em 8 de setembro. Esta era a antiga data da sua celebração no Mosteiro Santuário de Montserrat que a transferiu para o dia 27 de abril. 

Fonte: Paulinas