PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

terça-feira, 28 de abril de 2015

Romaria Franciscana é só agradecimentos!

Por Cristy Azevedo
Fotos: Cristy Azevedo e Vanda Cuxinier Gola

Na manhã do último domingo, dia 26 de abril, o grupo de romeiros e benfeitores do PVF (Pró-Vocações e Missões Franciscanas) se encontrou no Largo São Francisco para participar de mais uma Romaria Franciscana, intitulada"Dia com Maria e Frei Galvão". Assim, com um grupo de 46 pessoas, partimos em direção à casa da Mãe Aparecida, com as bênçãos de Frei Alexandre Rohling (Frei Xandão), que, junto com Lucas Vieira (PVF), acompanhou e conduziu o grupo.

Para espantar o sono dos romeiros, que acordaram bem cedo, alegremente Frei Xandão animou a todos com cantos e seu violão, seguido de momento de oração acompanhado pela imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Guiado por Frei Xandão até a Basílica Nacional de Nossa Senhora Aparecida, o grupo visitou a imagem da Mãe Aparecida, a igreja, a Sala dos Milagres e faz seus agradecimentos e pedidos, por intercessão de Nossa Senhora.
Em seguida, os romeiros partiram para o Seminário Franciscano Frei Galvão, em Guarantinguetá, onde foram acolhidos por Frei Jorge Lázaro, Frei Soneca (Frei Airton) e postulantes franciscanos. Após o delicioso almoço no seminário, pudemos visitar os espaços da bela casa de formação, os jardins, as exposições de presépios e de imagens de São Francisco. A todos, e especialmente aos que visitavam o Seminário pela primeira vez, neste belíssimo dia de sol, a paisagem certamente encheu os olhos e a acolhida preencheu o coração. Encerramos a visita com a participação na Santa Missa presidida por Frei Claudino Dalmago.

No finalzinho da tarde, ainda em Guaratinguetá, visitamos a Catedral Santo Antônio, onde Frei Galvão foi batizado e fez sua Primeira Comunhão, bem como a casa onde o santo franciscano, Antonio de Santa'Ana Galvão, que recebeu do Papa João Paulo II o título de "Homem da Paz e da Caridade", nasceu e passou a infância.

Com um tranquilo retorno a São Paulo, encerramos este abençoado dia de romaria, repleto de motivos para agradecer, especialmente a Frei Xandão, ao Lucas e equipe do Pró-Vocações e Missões Franciscanas (PVF), à fraternidade do Seminário Frei Galvão, funcionários e postulantes franciscanos, que nos proporcionaram e contribuíram para este maravilhoso dia que passamos, e, agora, levamos a missão que Frei Soneca recordou na bênção de despedida: que saibamos ofertar às outras pessoas aquilo que recebemos neste dia tão abençoado. Que assim seja! Paz e Bem!