PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

quinta-feira, 23 de abril de 2015

"Cristãos devem buscar curar as feridas nas relações", afirma Pontífice



Quarta-feira, 22 de abril, audiência geral na Praça de S. Pedro: o Papa Francisco apresentou mais uma catequese sobre a família desenvolvendo o segundo capítulo do Livro do Gênesis onde encontramos Adão que está sozinho. E isso não é bom – sublinhou o Santo Padre:

“E Deus viu que isto não era bom: é como uma ausência de comunhão, uma ausência de plenitude. “Não é bom” – disse Deus – e continua: “quero fazer-lhe uma ajuda que lhe corresponda”.”

Efetivamente, no Livro do Gênesis, lemos que inicialmente Adão, o primeiro homem, sentia-se sozinho, mesmo vivendo cercado de tantos animais. Querendo pôr remédio à sua solidão, Deus apresenta-lhe a mulher, que o homem acolhe exultante, como um ser igual. Com a imagem bíblica da costela de Adão, da qual Eva é plasmada por Deus, não se quer afirmar uma inferioridade da mulher – ela não é uma réplica do homem – mas expressa uma reciprocidade entre eles: possuem a mesma natureza e são complementares:
“osso dos meus ossos e carne da minha carne”

Contudo, por sugestão do maligno, os dois são tentados pelo delírio da omnipotência e desobedecem a Deus – afirmou o Papa Francisco. Este pecado rompe a harmonia que existia entre eles, gerando desconfiança, divisão, prepotência, machismo, instrumentalização do corpo feminino e a recusa a viver uma aliança, na diferença e na complementariedade, entre homem e mulher. Estas são as consequências da desarmonia – frisou o Papa.

No entanto, Deus não abandona o homem e a mulher após o pecado – sublinhou o Santo Padre. Assim, seguindo o exemplo de Deus, também os cristãos devem buscar curar as feridas nas relações e recuperar o valor do matrimônio e da família. 

Nas saudações em língua italiana o Papa Francisco recordou que hoje se celebra o Dia da Terra, e exortou os fiéis a cuidarem da criação e a conservarem a harmonia divina entre as criaturas e a criação:

“Hoje celebra-se o Dia da Terra. Exorto todos a verem o mundo com os olhos de Deus Criador: a terra é o ambiente a guardar e o jardim para cultivar. A relação dos homens com a natureza não seja guiada pela avidez, de manipular e de explorar, mas conserve a harmonia divina entre as criaturas e a criação, na lógica do respeito e do cuidado, para coloca-la ao serviço dos irmãos, mesmo das gerações futuras.”

O Papa Francisco a todos deu a sua benção. 

Fonte: Rádio Vaticano