PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

sábado, 10 de janeiro de 2015

Divulgado o hino oficial da JMJ 2016


Em 6 de janeiro, ao meio dia em Cracóvia, Polônia, durante a festa da Epifania, foi ouvido pela primeira vez o hino oficial da Jornada Mundial da Juventude 2016, Bem-aventurados os misericordiosos, assim como o lema da JMJ Cracóvia 2016, eleito pelo Papa Francisco, "Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia" (Mt 5, 7).

Entre os muitos habitantes de Cracóvia escolhidos para assistir a estreia do hino, se enconcontravam o Arcebispo de Cracóvia, o Cardeal Stanislaw Dziwisz e o autor da obra, Jakub Blycharz.

Em sua primeira versão, o hino foi interpretado por 3 vocalistas: Katarzyna Bogusz, Alexandra Maciejewska e Przemek Kleczkowski, com um coro de aproximadamente 50 pessoas e uma orquestra sob a direção de Hubert Kowalski.

Jakub Blycharz é o compositor da música e criador da letra deste hino. Ele é também advogado, apaixonado pela música. É autor  de outras obras litúrgicas como ”Dobry jest Pan” (O Senhor é bom), “Bonum est praestolari”, ”Uczta Baranka” (Festa do Cordeiro), ”Swieta Dziewico” (Virgem Santa), ”Amen”, ”Godzien” (Digno), ”Bonum est praestolari", y "Nie umre” (Não vou morrer). Junto a sua esposa e sua filha, participam na vida da comunidade cristã “Glos na Pustyni” (Voz no Deserto) em Cracóvia.

Os responsáveis pelas traduções oficiais são os representantes das Conferências Episcopais de cada país. Os interessados pela tradução do hino em sua língua materna, podem colocar-se em contato com o episcopado pertinente.

De que fala o hino da JMJ Cracóvia 2016?

Jakub Blycharz, o compositor e autor do hino da Jornada Mundial da Juventude Cracóvia 2016, logo depois do anúncio de sua vitória no concurso, disse em entrevista que antes de começar a composição do hino, buscava sua inspiração na Bíblia, quando encontrou estas palavras no livro do Deuteronômio: "E agora, escrevei este cântico para vós. Ensinai-o aos filhos de Israel, colocai-o em sua boca, para que ele seja um testemunho a meu favor contra os filhos de Israel" (Dt 31, 19)

Esse foi o começo do trabalho com o hino, mas o caráter de todo o canto mantém este espírito - está profundamente arraigado na Palavra de Deus e o expressa em frases poéticas. O hino começa com as palavras do Salmo 121, que coloca em nossos corações a paz e a certeza de que Nosso Senhor Misericordioso vela sobre nós e cumprirá sua promessa de acompanhar o ser humano "desde agora e para sempre". Já na primeira estrofe - em meio à citação do Antigo Testamento - Deus é mostrado como cheio de misericórdia.

Na segunda estrofe encontramos referência à parábola da ovelha perdida do Evangelho segundo Lucas (Lc 15, 1-7), a qual nos dá esperança de que Deus não se cansa de tentar oferecer ao homem a vida plena. Nesta parábola, Jesus nos assegura que a conversão de um pecador leva ao céu uma grande alegria. Por meio de sua morte na cruz nos deu a possibilidade de alcançar uma nova vida e assim coloca o ser humano em seu Eterno plano de salvação, graças ao seu sangue derramado por nós.

No refrão encontramos palavras da quinta bem-aventurança do Sermão do Monte (Mt 5, 3-10): "Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia". Esta é também a mensagem da JMJ em Cracóvia, a cidade de onde saiu a mensagem de misericórdia a Santa Faustina Kowalska.

A terceira estrofe é uma paráfrase do Salmo 130. "Se tiveres em conta os nossos pecados, Senhor, quem poderá resistir? Mas em ti encontramos o perdão; por isso te fazes respeitar." A atitude de Deus para conosco é nossa inspiração para agir com misericórdia com os demais.

A seguinte estrofe expressa os pontos mais importantes do kerigma: a Salvação de Cristo crucificado, sepultado e ressuscitado, mas também a necessidade de aceitar a Jesus Cristo como nosso Senhor e Redentor.

O interlúdio do hino é um convite a vida cheia de esperança e confiança que surgem a partir da ressurreição de Jesus Cristo.

Ouça o hino oficial da Jornada Mundial da Juventude 2016.

Fonte: Site da JMJ 2016 Cracóvia