PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

domingo, 29 de julho de 2012

Partilha gera vida para todos!

              17º Domingo do Tempo Comum
                Caríssimos irmãos e irmãs
Paz e Bem!

                Mais uma semana que termina, mais um mês que termina. Julho vai se despedindo de nós com seu friozinho, suas noites longas e dias curtos. Nossas lutas e buscas vão acontecendo no passar dos dias, na caminhada constante e na busca de sermos cristãos melhores e verdadeiro filhos e filhas de Deus.
                No evangelho deste domingo, o Senhor Jesus vê uma grande multidão. O seu olhar é uma radiografia da situação e seu coração busca uma solução. Onde vamos encontrar pão para tanta gente?
                Os discípulos, avaliando os recursos disponíveis, não vêem muita saída. Mas Jesus, com seu sadio realismo, parte do que se tem a disposição. Cinco pães e dois peixes parecem nada, mas, para Jesus, é tudo o que é necessário. Manda o povo se sentar. Confusão gera confusão, mas disciplina e solidariedade geram energia, força e vida. É a condição para o Espírito venha com seu poder criador. É a força de que aquele punhado de escravos hebreus precisava para enfrentar faraó e seus guardas, Mar Vermelho e suas ciladas, deserto e suas privações.
                Aquele que do nada criou tudo sempre é capaz de criar tudo, quando o nada é tudo o que se tem. A ação de Deus, e semelhantemente, a ação humana, só é impedida, quando o nada se pretende mais do que é. Com a pobreza dos bens e a humildade das pessoas é possível encontrar saídas. Já com a riqueza dos bens e o egoísmo das pessoas não dá para construir nada. Pode-se até tentar, mas desmorona e divide, como na Torre de Babel.
                Que este evangelho que inspira partilha, doação e solidariedade, nos ensine a partilhar a vida cristã e os dons que herdamos do Pai. Jesus, da miséria do povo, retira a grandeza da solidariedade. Que este gesto simbólico nos inspire sempre em nossos atos.
                Que o Senhor nos abençoe hoje e sempre.