PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

terça-feira, 31 de julho de 2012

Falece Frei Antônio Andrietta em São Paulo


Na tarde desta segunda-feira (30.07), Frei Antônio Andrietta foi encontrado sem vida em quarto de hóspedes do Convento São Francisco em São Paulo. Frei Salésio, guardião, informou que ele chegara na sexta-feira e havia dito que visitaria sua irmã, como costumava fazer. Preocupado por não encontrar o Frei Antônio hoje, dia em que ele voltaria a Bragança Paulista, onde residia, Frei Salésio, abrindo o quarto, o encontrou falecido, provavelmente há mais de um dia. Por esse motivo, não é possível obter de imediato o atestado de óbito. Será preciso fazer ocorrência, e então o corpo de Frei Antônio será encaminhado ao Instituto Médico Legal. Não podemos informar ainda, portanto, o dia e hora em que acontecerá seu sepultamento.
Dados pessoais, formação e atividades
•  Nascimento: 25.01.1925 (87 anos de idade), em Salto, SP;
•  Admissão ao Noviciado: 19.12/1948, em Rodeio, SC;
•  Primeira Profissão: 20.12/1949 (62 anos de Vida Franciscana);
•  Profissão Solene: 20.12/1952;
•  Ordenação Presbiteral: 30.06.1955 (57 anos de Sacerdócio);
•  1950 – 1956 – Estudos de Filosofia e Teologia, em Curitiba e Petrópolis;
•  30.11.1956 – Agudos – SP – Reitor e professor do seminário;
•  19.01/1962 – Rodeio – reitor e professor do Seminário N. Sra. de Fátima, discreto e procurador vocacional;
•  15.01.1965 – Temuco – Chile – 1º superior da missão no Chile, promotor vocacional e assistente da OFS;
•  01.10.1968 – São João de Meriti, RJ;
•  21.12.1968 – Cabo Frio, RJ – vigário coadjutor;
• 15.01/1971 – Temuco – Chile – coadjutor, promotor vocacional e assistente da OFS;
•  17.07.1982 – Roma – a serviço da Cúria Geral (em 1985, guardião);
• 21.01.1989 – São Paulo – São Francisco – a serviço do Pró-Vocações, assistente regional da OFS;
• 29.11.1997 – Sorocaba – vigário da casa e vigário paroquial;
• 01.11.1999 – Assis – Itália – atendimento conventual em São Damião;
• 22.11.2000 – Sorocaba – vigário da casa;
• 07.11.2003 – São Paulo – Pari – vigário da casa, a serviço do Comissário da Terra Santa, PUMI, vigário paroquial;
• 12.05.2004 – São Paulo – São Francisco – atendente conventual e capelão do Hospital Santa Catarina;
• 20.12.2006 – Sorocaba – vigário paroquial na paróquia Bom Jesus;
• 11.10.2007 – São Paulo – São Francisco – atendente conventual e assistente da Pequena Família Franciscana;
• 10.11.2011 – Bragança Paulista – tratamento
Frei Antônio tem palavras bonitas sobre sua vocação. “Amo minha vocação e se tivesse que começar outra vez, daria os mesmos passos que dei. Acho maravilhoso na minha vida a providência de Deus. Tudo se encaixa perfeitamente. Apesar de eu descobrir depois, tudo está preparado com muito carinho pelo Pai do Céu. Continuamente rendo graças a Deus. Sinto-me feliz!”.
Frei Antônio define o melhor tempo de sua vida nesses termos: “No tempo que estive na formação, aprendi a amar a vocação religiosa. O melhor tempo foi como missionário no Chile, onde me encontrei como homem, como religioso franciscano, como pastor de almas, como orientador de jovens e velhos, moços e moças. Tempo formidável!”.
Com o bom humor, que lhe era característico, em 2011 Frei Antônio pede para ser transferido para Bragança Paulista: “Como os elefantes velhos (sicut dicunt), pressentindo o fim de suas atividades elefânticas, voltam ao lugar onde nasceram ou ao cemitério de seus antepassados, assim, pressentindo o fim do tempo de minha atuação terrestre, rogo ser transferido para o lugar de nosso tranquilo repouso da Província, em Bragança, para continuar a preparação para o encontro definitivo com o Senhor Jesus, nosso misericordioso Redentor”.
Que deste encontro preparado e almejado com o Senhor, Frei Antônio possa interceder pelos irmãos que continuam sua peregrinação neste mundo!
R.I.P.
Frei Walter de Carvalho Júnior