PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Corpus Christi


Solenidade do Corpo e do Sangue do Senhor

Queridos amigos e amigas. O senhor vos dê a paz!

Algumas datas, alguns momentos nos são sempre muito caros e simbólicos. Existem coisas que acontecem em nossas vidas que ficam marcadas para sempre. Gostaria de partilhar com vocês o significado e o carinho que tenho pelo dia de hoje. Vou começar pelos primórdios de minha infância. Talvez estas poucas palavras, que cabem a mim, estas cenas que me marcaram, podem recordar o valor que muitas de nossas celebrações perderam com o passar do tempo.

Sou natural de Santa Catarina, de uma cidade não muito grande. Quase a maioria da população é católica. Cresci participando dos momentos da vida de fé da minha comunidade local. Me lembro, que meu pai, sempre fez questão de participar dos grandes momentos da igreja. As grandes celebrações, a festa da Páscoa, as missas semanais e as missas mais solenes. Confesso que quando criança eu ia meio contrariado em muitas delas, mas tinha uma procissão que eu fazia questão de participar, até algumas vezes durante o ano, perguntava ao meu pai, quando íamos naquela procissão que as pessoas enfeitam as ruas. Eu gostava de ver as ruas da cidade bonitas, enfeitadas, com tapetes coloridos no chão. Aquilo tudo chamava muito a minha atenção de criança. Lá com meus 5 anos não sabia o aquela gente toda fazia ali, mas eu sabia, que só podíamos pisar nos enfeites e até mesmo levar algo para casa (gostava demais de fazer isso) depois que o padre houvesse passado. Reminiscências de minha infância.

Muito mais do que aquela beleza toda que me enchia os olhos, aprendi hoje, que participar do Corpo e do Sangue do Senhor, relembrar o evento “Ultima Ceia” é se comprometer diante de toda a comunidade a transformar a própria vida como a de Cristo, é prometer uma disponibilidade total em prol dos irmãos, que nos faz todos uma família. Os povos antigos, faziam pactos que os uniam sangue a sangue. Nós, somos unidos através do Corpo e do Sangue do Senhor. Ele nos faz família, Ele nos faz irmãos! Só unidos, no pacto entre a comunidade e o Senhor, podemos sentar a mesma mesa, comer o mesmo pão e beber o mesmo cálice.

Que esta celebração de hoje nos ajude a sermos irmãos de fato. Unidos na mesma fé, unidos no mesmo amor. O Reino só acontece com todos juntos.