PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

sexta-feira, 4 de maio de 2012

V Domingo de Páscoa - Reflexão do Evangelho

“Quem permanece em mim, produz muitos frutos”
Evangelho: Jo 15, 1-8

Queridos irmãos e irmãs, amigos, colaboradores: Paz e Bem!
Na ultima terça-feira iniciamos mais um mês, o quinto deste ano, mês cheio de beleza, de ternura, mês das mães, de Nossa Senhora de Fátima, de São José Operário, da Ascensão do Senhor, de Pentecostes, enfim, um mês cheio de significados e festas.
E neste primeiro fim de semana de maio, nos deparamos com o belo evangelho da videira e dos ramos, mais uma das parábolas comparativas de Jesus.

Nesta metáfora, Jesus nos fala da sua união profunda com os que aderem a ele, o amam e vivem as suas palavras. Videira e ramos não são duas coisas, mas uma só planta. Tem a mesma seiva, vivem a mesma vida, dão os mesmos frutos.
Nossa união com Cristo, deve ser tão forte que pode ser comparada à união que existe entre a videira e os ramos. É este o mistério que celebramos em toda Eucaristia, mas, de maneira especial neste 5º domingo da Páscoa.
Nossa vida, deve ser enxertada em Cristo, para que, nele, possamos produzir uva fina, para a mesa da família ou para a alegria da festa. Algumas vezes somos tentamos a viver na independência de Deus: sem Ele somos como que ramos fora da videira, o que gera esterilidade e morte.
Permanecer unido em Cristo é garantia de produzir frutos bons, não para si mesmos, afinal, a videira produz para os outros. Que nossos frutos sejam verdadeiros e bons e que possamos unidos a Ele gerar vida que permanece.

A todos o nosso sincero abraço e a benção de Deus.
Frei Alvaci Mendes da Luz, OFM