PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Um dia com Maria e frei Galvão!



A manhã ainda não havia clareado, e nós já estávamos nos preparando, para mais uma romaria que nós carinhosamente chamamos de: “Dia com Maria e Frei Galvão”, que ocorre todos os anos, nas cidades de Aparecida e Guaratinguetá, na casa da mãe e na cidade do primeiro santo brasileiro. Um dia de orações, passeio e muita alegria, sem falar na oportunidade que temos de conhecer nossos benfeitores, eles se conhecerem entre si e podermos juntos estreitar nossos laços de amizade.
Partimos bem cedo, rumo ao Santuário Nacional de Aparecida. Nas duas horas de percurso ouve tempo para um belo cochilo, informações práticas, orações, e, é claro, para cantarmos juntos, como família que somos, agradecendo, sobretudo, a alegria de estarmos unidos.
Chegando a Aparecida tivemos tempo para ir em procissão até os pés da imagem milagrosa da mãe, tão pequena, mas tão querida pelo povo brasileiro e intercessora nossa. Depois, como ninguém é de ferro, tempo livre para um bom passeio nos arredores da Basílica.
Na parte da tarde tivemos a alegria de conhecer o Convento Nossa Senhora das Graças de Guaratinguetá, onde fomos bem recebidos por frei Jorge, coordenador da fraternidade e pudemos saborear um merecido almoço. Logo em seguida partimos para o Seminário frei Galvão, onde nos esperavam a cordialidade e simpatia de frei Airton (Soneca), Giovanni e de alguns postulantes que lá residem. No seminário tivemos tempo, para até mesmo, sentar à sombra de algumas árvores e “voltar a ser criança” no balanço das recordações de nossa infância.
Enfim, para fechar com chave de ouro o dia, visitamos o mosteiro Mater Christi das irmãs Clarissas de Guaratinguetá, dentro da Fazenda da Esperança. As irmãs nos acolheram com carinho, nos falaram do oitavo centenário da conversão de Santa Clara e nos deram a benção de Santa Clara. Ainda tivemos tempo para visitar um pouco da Fazenda e conversar com alguns jovens.
Enfim, mais uma vez, a romaria “um dia com Maria e Frei Galvão”, superou nossas expectativas. Pudemos juntos passar um dia especial sob o olhar e o manto da mãe, e, o carinho do franciscano da Paz e da Caridade: frei Galvão.
A romaria contou com mais de 80 benfeitores de São Paulo e Guaratinguetá.
Frei Alvaci Mendes da Luz, OFM