PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

sábado, 12 de novembro de 2011

“Como é bom fazer parte desse povo de Deus”



Do momento em que saímos do largo São Francisco, no centro de São Paulo, até a volta ao mesmo, nosso dia foi de alegria e benção!

Fizemos uma ótima viagem. Rimos bastante com o nosso “guia e rodomoço” André Ricardo. Foi mesmo muito divertido!

Chegamos a Aparecida para a visita a nossa mãezinha! Caminhamos até a Basílica em procissão rezando e cantando, como filhos em busca de colo materno! Era tão bonito de ver! As pessoas meio que paravam e fotografavam a nossa singela romaria. Notei que alguns até nos acompanharam na caminhada (era contagiante mesmo). Nas escadarias nos consagramos a nossa padroeira com direito a fotos, filmagem e muita emoção. Diante da imagem de Nossa Senhora fizemos nossas orações, pedidos e agradecimentos. Cada um do seu modo (momento pessoal no colo da mãe).

Em seguida fomos para Guaratinguetá, terra de Frei Galvão! Fomos muito bem recebidos pelos freis do convento e fomos direto para o refeitório, a fome já estava batendo em todos. Sobre o almoço, não tenho palavras para descrever o que era aquilo tudo, tinha tanta coisa gostosa que nem sei como descrever. Comida para comer rezando sabe! Saladas e variedades de pratos, para ninguém botar defeito viu! O tempero tinha algo que até agora não descobri o que era (comentei até na mesa, o que será “essa coisa” tão boa?). Acho que o segredo era o amor mesmo!

Depois do almoço delicioso tivemos um tempo para conhecermos o convento. O que me encantou foi a capela de Nossa Senhora das Graças, é linda demais. Fiquei tão impressionada com tudo que até esqueci-me daqueles três pedidos que se faz quando se entra pela 1° vez em uma igreja (assim dizem por aí, não custa nada tentar não é?!) Em seguida tiramos a primeira foto da turma toda, ficou bem bacana! Despedimos-nos e fomos para o seminário Frei Galvão.

Fomos acolhidos pelo querido e sempre carinhoso frei “Soneca”, pelos outros freis e pelos postulantes franciscanos. Fomos para a igreja onde fizemos uma reflexão maravilhosa (de novo esqueci dos três pedidos). O Frei Soneca falou tanta coisa linda e junto com os Freis Alvaci e Antônio, tivemos o privilégio de tocar a relíquia do nosso santinho Frei Galvão, também ganhamos as pílulas abençoadas.

Tive a oportunidade de visitar e admirar a exposição permanente de presépios do Frei Pedro (de Bragança Paulista), um mais lindo que o outro. Ainda tinha artesanato, para gente “enlouquecer de tanta coisa linda”. Saímos para o gramado ou bosque, tinha um balanço (previamente avisado pelo frei Soneca), agora imagina se a “criançola aqui não balançou? Pior que eu praticamente tirei uma criança de lá, meu Deus me perdoe (risos). Que coisa boa: “pisando na grama descalça, no balanço, sentada no chão, sem me importar com nada! A natureza todinha ali ao meu alcance. Aquelas árvores nos dando sua sombra gratuitamente pareciam felizes também com a nossa presença"! No fim, para deixar a gente mais “elegante” tinha uma mesa de coisas “engordativas” MARAVILHOSA! Duro resistir, que delicia aquilo tudo viu! Bom, hora da foto oficial da turma: aos pés da mãezinha de Fátima ficou registrado nossa visita a esse lugar tão abençoado. A foto ficou linda.

Dê lá fomos para a Fazenda Esperança. Já de chegada me encantei com os macaquinhos (o André e a Cristy também). O lugar era lindo. Reunimos-nos na Capela das irmãs Clarissas (claro que eu me esqueci de novo dos três pedidos). Ali minha gente, nem tenho palavras para expressar o que foi a benção das irmãzinhas, só sei que foi difícil segurar a emoção (segurar para quê?). Choramos e nos alegramos em comunhão com as irmãzinhas, os irmãos e com certeza, com todo o céu, pois na voz delas podia se ouvir anjos e santos cantando em harmonia com aquela benção! Arrepia só de lembrar!

Hora do retorno para nossas casas, nossas famílias, nossas vidas. Com a graça de Deus, fizemos uma ótima viagem de volta, chegamos todos muito bem e cheios do Espírito Santo de Deus! Pensei: “Como é bom fazer parte desse povo de Deus, como é bom estar de volta na minha casa com os meus, como é maravilhoso saber que fomos e somos abençoados todos os dias”. Como é bom ter São Francisco, Santa Clara, frei Galvão e nossa Mãe Aparecida intercedendo por nós. Sabe, tenho a sensação de que fomos fazer realmente uma visita a “pessoas vivas” e que eles vão até sentir saudades da gente! Aí eu me pergunto: “Como não me lembrei dos três pedidos? E eu mesma respondo: Para quê!

Quero agradecer muito ao pessoal do Pró-Vocações, ao Frei Alvaci e a todos que direta ou indiretamente contribuíram e participaram desse nosso dia com Maria e frei Galvão, que Deus os abençoe com toda a paz e todo o bem!

Vanda Cuxinier Gola falando sobre sua experiência no dia com Maria e Frei Galvão!