PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Campanha da Fraternidade 2011!

“Fraternidade e Vida no Planeta”


Como em todos os anos, na Quaresma, as práticas de jejum e caridade vem acompanhadas de um tema para reflexão. Este ano a CNBB propõe que olhemos para o sofrimento da natureza, e procuremos entender de que maneira estamos contribuindo para o agravamento de questões, como a destruição do meio ambiente, o aquecimento global e as mudanças climáticas que ameaçam todas as formas de vida no planeta, prejudicando em especial os mais fracos e pobres.
A idéia da CF é identificarmos o problema e cobrarmos ações de órgãos governamentais e da própria sociedade, promovendo discussões sobre as causas e conseqüências desta agressão à Biosfera.
Precisamos entender que o planeta Terra é nossa casa, não temos outro planeta pra viver, e as vidas futuras só poderão viver em paz, sem fome, sem sede e com dignidade, se tomarmos as medidas de proteção agora!
Todos os seres vivos e o meio ambiente se relacionam e o mal que se causa a um, fatalmente prejudicará o outro. É o “efeito borboleta”, portanto não adianta fecharmos os olhos e dizermos que não é conosco.
É fato visível e comprovado que o planeta passa por grandes desequilíbrios climáticos causados pela poluição, apesar dos países ricos e industrializados não admitirem o fato, afirmando tratar-se de um fenômeno normal.
A produção de plásticos, isopor, as queimadas, a criação de grandes rebanhos de gado, o extermínio da biodiversidade, o uso indiscriminado de fertilizantes e inseticidas resultam na produção de gases perigosos, como o dióxido e o monóxido de carbono, o óxido nitroso e sulforoso, o hexafluorcarbono, que em contato com a água da chuva agravam ainda mais o problema, originando a chuva ácida.
No livro do Gênesis, Deus dá ao homem a missão de cuidar da criação, submetendo-a à descendência de Adão, não para explorar, mas para cultivar a terra e dela tirar seu sustento. Deus mais à frente, faz uma aliança, não apenas com Noé, mas com toda criatura que sai com ele da arca. Em Deuteronômio 20,19 Deus diz que ao entrar em uma cidade conquistada não se deve derrubar as árvores, em Dt 22,6 Deus diz que ao pegar os ovos para comer, deve-se preservar a ave mãe, e ainda no cap. 23,13 Deus diz que não se deve deixar seus dejetos expostos, sendo correto enterrar, para não gerar doenças.
O cuidado com o meio ambiente deve ser nossa resposta de amor a Deus. Não podemos ser predadores da criação, mas protetores, pois se somos imagem e semelhança de um ser Criador incorpóreo, lhe somos semelhantes no Espírito e devemos honrar isto.


Denise Martins
Professora de Biologia
(é também catequista e colaboradora na Igreja de São Francisco, do Largo São Francisco em São Paulo).